Fisioterapia na entorse





Uma entorse, em qualquer lugar que ela ocorra, é um trauma. Dependendo da força e da continuidade do movimento, vários graus de lesão podem ser originados, desde problemas de ligamentos, até musculares.

De 20 a 40% destes pacientes, irão evoluir para uma dor residual, ou seja, uma dor pequena na articulação, mas constante ao longo do tempo, ou até mesmo uma artrose precoce destes ossos. Desta maneira, é fundamental a realização do tratamento completo desde a imobilização até a propriocepção dinâmica, que irá realizar um treinamento funcional para permitir o retorno ao esporte. A dica do Fisioterapeuta é tratar bem o primeiro entorse, para evitar os chamados entorses repetitivos, que geram muita "dor de cabeça" para o paciente.

O tratamento de fisioterapia para uma entorse deve ter como objetivos a diminuição da dor, do edema e da impotência funcional.
rpo
Para alcançar esses objetivos, o fisioterapeuta possui diversos recursos, desde o uso de aparelhos até manipulação de estruturas.

Se houve uma lesão caracterizada como entorse, seja em que parte do corpo for, o fisioterapeuta é o profissional que mais irá ajudar no processo de recuperação.
Fisioterapia na entorse Fisioterapia na entorse Editado por Dani Souto on 04:38 Nota: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.