Curta e Siga


Como prevernir entorses no tornozelo





Corredores, jogadores de basquete, futebol, vôlei e muitos praticantes de esportes relatam terem sofrido pelo menos uma vez um dos tipos de lesão mais comuns entre praticantes de esportes: a entorse de tornozelo. Eu mesmo já torci o tornozelo e se você que me lê também já passou por isso, sabe que é não é nada agradável. A lesão nos impede de apoiar o pé no chão por algum tempo, no mínimo algumas semanas.
As estatísticas mostram que boa parte das pessoas que já sofreram entorse de tornozelo acabam sofrendo uma nova torção na região, em geral por negligência no processo de reabilitação. A grande maioria dos esportistas acha que está pronta para retornar aos treinos quando  a dor desaparece, mas isso é um grande engano.
É fundamental investir em exercícios de propriocepção (popularmente conhecidos como equilíbrio), que nos fornecem informações sobre a posição das diferentes partes do corpo. Após um entorse, nossa propriocepção fica comprometida, o que nos deixa mais vulneráveis à ocorrência de novas torções.
Como mostra o gráfico abaixo, a reincidência de entorses no tornozelo é mais alta quando não são realizados exercícios preventivos.

Texto de 

Renato Dutra



Dicas para Profissionais:
  • Guia de Testes Ortopédicos
  • Curso de Agulhamento a Seco (Dry Needling)
  • Curso - Aprenda Auriculoterapia
  • Curso - Aprenda Ventosaterapia

  • Tenha as melhores ofertas do Magazine Luiza: clique aqui!
    Nos Siga nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Youtube . Adicione no grupo do Whatsapp

    Deixe seu comentário e nos marque(@Sua Saúde) pra gente ver:

    Nenhum comentário

    Aprenda a fazer!