segunda-feira, 20 de agosto de 2018

"Pé chato" pode causar entorses de tornozelo


>







As pessoas portadoras de pés planos, conhecidos como pés chatos, têm a tendência de pisar para dentro, com a borda interna dos pés, ou seja, são chamados de pronados. O que causa desequilíbrio na pisada e na marcha provocando várias lesões como entorses de tornozelo que ocorrem com mais freqüência.

É necessário um trabalho de fortalecimento dos músculos envolvidos na articulação do tornozelo e de toda a perna. É fundamental trabalho de equilíbrio e propriocepção para ativar as reações de equilíbrio para diminuir ou zerar os entorses.

Ao detectar-se pés planos no bebê, os pais devem ficar alertas, conversar com o médico para trabalhar os pés da criança desde cedo, para prepará-las para a marcha. O caminhar em diferentes solos com diferentes texturas, solos irregularidades, bolas, apanhar objeto com os pés.

Na natação, a criança trabalha nas atividades de psicomotricidade os pés e o equilíbrio de todo o corpo. O uso de botas ortopédicas e palmilhas é muito discutido, cada caso é um caso, mas os exercícios citados são imprescindíveis.

O caminhar e o brincar, correr na areia fofa, são um dos melhores exercícios. O andar descalço em diferentes tapetes, subir e descer obstáculos, o trabalho psicomotor é muito indicado para fortalecer e dar mobilidade dos pés.

A criança vai crescendo com trabalho direcionado visando aumentar o arco plantar, ou seja, a curvatura da sola dos pés. Quando recebemos o paciente adulto, orientamos exercícios que de vem ser feitos para o resto da vida para fortalecimento e alongamento muscular e flexibilidade articular, mas não é possível ganho de arco plantar.

Os pacientes relatam casos de recidivas de entorse, as vezes, com consequências pequenas como edema, dor e muitas vezes com esgarçamento ou ruptura de tendões ou fratura óssea, o que acarreta transtornos na vida pessoal e laboral das pessoas.

Como evitar?

As mulheres que adoram saltos muito altos o cuidado deve ser redobrado ao caminhar nas calçadas irregulares, ao subir e descer escadas, dançar e a todos os movimentos da vida diária. O melhor seria diminuir a altura do salto, mas para muitas é impossível por causa da vaidade. Pode haver exigência de salto alto para trabalhar, mas sempre é um salto normal, a não ser para as modelos durante os desfiles.

Há varias ocorrências de entorses descendo escadas ou caminhando nas ruas. Para os homens é mais fácil porque andam de sapatos baixos ou tênis, precisam ter cuidado e atenção aonde pisam. O conselho é andar descalço em casa, andar na ponta dos pés, nos calcanhares, ao acordar fazer exercícios com os pés para baixo e para cima, exercícios circulares de fora para dentro e de dentro para fora diariamente...

Recebemos uma paciente com histórico de entorses de repetição e a última foi descendo escadas com salto muito alto. Sorte que desmaiou de dor no último degrau, senão o estrago seria muito maior. Após um mês foi indicada fisioterapia aquática, a paciente apresenta o pé edemaciado, ou seja, muito inchado, muita dor e utiliza uma muleta para deambular.

Assim que acontece um entorse, o melhor é colocar gelo na hora por 20 minutos e repetir mais algumas vezes, nas 24 horas subsequentes. Se a dor persistir, o pé ficar cada vez mais inchado e vermelho, ir a uma emergência para ser examinado, tirar raio-x para avaliação médica.

A recomendação é colocar gelo, fazer contraste quente e frio até o edema e a dor até ceder, o que pode demorar de um a três meses dependendo da gravidade do entorse. A fisioterapia aquática é o tratamento mais indicado devido as propriedades físicas da água como a pressão hidrostática que age como uma meia elástica, exercendo muita pressão no fundo e diminuindo na superfície, é uma drenagem linfática natural.

O empuxo diminui a tensão nas articulações, a pressão hidrostática e o empuxo ajudam a diminuir o edema, a dor e assim aumenta a mobilidade do tornozelo. O fisioterapeuta ajuda manualmente com técnicas específicas a diminuição do quadro álgico e do edema e o ganho de arco.

O treino de marcha começa a partir desta fase, com a atuação da força da gravidade progressivamente. Vamos olhar aonde andamos, descer e subir escadas olhando para frente sem virar o corpo para evitar entorses e problemas mais sérios.

Acesse o blog sobre Entorses do Chakalat.net


Receba informações sobre Sua Saúde no Email

Comente:

Nenhum comentário:

Comment

facebook

Outros Posts Sobre Saúde


Receba no seu Email:

Dúvidas? Entre em contato!

Nome

E-mail *

Mensagem *

Todos os posts deste blog