Curta e Siga


Exercícios para Fisioterapia na Entorse do Tornozelo






A maioria das entorses de tornozelo são leves. Você se distrai, o tornozelo dá aquela virada para dentro. Dói um pouco, mas a dor logo desparece e você segue o seu caminho. Porém, a entorse de tornozelo pode ser grave, mesmo que não em um primeiro momento com você ainda aquecido pela movimentação.

Mais tarde, seu tornozelo pode inchar e doer tanto que você talvez não consiga mais suportar seu peso sobre ele. Neste tipo de torção de tornozelo não é incomum sentir um estalo no momento da lesão.

Quando uma entorse de tornozelo acontece um ou mais ligamentos no lado interno ou externo (mais comumente) do tornozelo sofreram um estiramento ou ruptura. Se você perceber que a torção de tornozelo foi mais grave (tornozelo inchado e dor constante), deve procurar um ortopedista especialista em pé e tornozelo.

Normalmente, o tornozelo é rolado para dentro (entorse de inversão) ou, menos frequentemente, para fora (entorse de eversão). A Entorse de inversão que causa dor ao longo do lado externo do tornozelo e é o tipo mais comum.

Dor ao longo do lado interno do tornozelo pode representar uma lesão mais grave para os tendões ou para os ligamentos e deve ser sempre avaliado por um médico ortopedista.

Além das lesões dos ligamentos e da cápsula articular, a entorse de tornozelo pode vir acompanhada de fratura dos maléolos da tíbia ou da fíbula. Os maléolos são aquelas protuberâncias ósseas existente nas faces interna e externa dos tornozelos e são a extremidade distal dos ossos da perna (tíbia e fíbula).


Alguns exercícios de força podem ser feitos para se prevenir uma entorse de tornozelo.

Com uma faixa elástica, por exemplo, faça 3 séries de 10 repetições, 2 a 3 vezes por semana.

prevenir lesão de tornozelo

Podem ser realizados também exercícios de equilíbrio, com auxilio de uma simples almofada por exemplo (ou mini cama elástica, disco de equilíbrio e bosú).

Os exercícios devem ser iniciados com os 2 pés, com você sentado em uma cadeira. Com o passar do tempo e facilidade na execução, passe a apoiar apenas 1 pé e utilize asuperfícies mais instáveis e exigentes.

Inicie com séries de 30 segundos.

Inicie apoiando ambos os pés e depois dificulte para causar mais instabilidade e reforçar o tornozelo.
Nem sempre a entorse de tornozelo é um grande problema. Com um tratamento bem planejado, uma disponibilidade diária para as atividades reabilitativas e, principalmente, muita disciplina, um tenista pode se recuperar de uma entorse em um período de sete a 10 dias, levando em consideração a individualidade biológica de cada ser humano em responder aos estímulos do tratamento.

Fisioterapia para entorses e lesões ortopédicas

Através deste curso, você terá acesso aos mais atuais protocolos de Avaliação e Tratamento da Chamada Fisioterapia Contemporânea, dentre eles: Termografia Clínica, Análise computadorizada de biomecânica, Estabilização segmentar, ventosaterapia, pilates e liberação miofascial. Clique aqui e saiba mais


Dicas para Profissionais:
  • Guia de Testes Ortopédicos
  • Curso de Agulhamento a Seco (Dry Needling)
  • Curso - Aprenda Auriculoterapia
  • Curso - Aprenda Ventosaterapia

  • Tenha as melhores ofertas do Magazine Luiza: clique aqui!
    Nos Siga nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Youtube . Adicione no grupo do Whatsapp

    Deixe seu comentário e nos marque(@Sua Saúde) pra gente ver:

    Nenhum comentário

    Aprenda a fazer!